Rua Treze de Maio, 22-50, Bauru-SP   (14) 3234-7745   contato@visaohospital.com.br
Blog
ago 16

Visão na gravidez: tudo o que você precisa saber

A visão na gravidez pode sofrer algumas alterações e proporcionar para a mulher olhos secos, divergência no grau das lentes corretivas e até mesmo visão embaçada.

Essas mudanças não são uma certeza, ou seja, não são todas as grávidas que sofrem com essas possíveis modificações. Para esclarecer algumas dúvidas sobre a visão da mulher durante os 9 meses de gestação, listamos abaixo tudo o que você precisa saber sobre esse período.

Olho seco pode ser verificado na gravidez

Por causa da maior concentração de estrógeno durante a gravidez, a patologia do “olho seco” pode ser uma consequência. É normal que algumas grávidas sintam um ardor e até uma sensação de que está com areia nos olhos. Em alguns casos também é possível notar sensibilidade à luz.

O grau da visão na gravidez pode mudar

Se a mulher tem miopia ou astigmatismo, pode notar alteração na vista ao usar sua lente corretiva. Isso acontece em decorrência das mudanças vasculares e hormonais características do período da gestação. Não são em todos os casos que os óculos devem ser substituídos, porque com o nascimento do bebê o grau tende a ser normalizado.

Grávida pode usar lente de contato

Não há nenhuma objeção em relação a mulher gestante usar lente de contato, mas algumas delas podem adquirir intolerância ao objeto corretivo. Isso porque, pode ser verificado aumento da espessura e da curvatura da córnea durante a gravidez.

Visão na gravidez: Ponto brilhante na vista é sinal de alerta

Se for percebido pontinhos brilhantes, manchas no campo de visão ou efeitos de flashes de luz é preciso informar imediatamente o médico. Esses sintomas podem estar relacionados com pré-eclâmpsia, quadro de hipertensão arterial que pode ocorrer após a vigésima semana da gravidez.

Colírios devem ser usados somente com recomendação médica

Mesmo que a mulher já fizer uso periódico de colírios, é necessário avisar o médico oftalmologista sobre a gestação e verificar se o medicamento em utilização não traz nenhum malefício para o bebê.

Desconfortos na visão desaparecem após o nascimento da criança

Diversos casos de alteração na visão tendem a desaparecer após 1 ou 2 meses do parto, por isso não há necessidade de procedimentos severos, como cirurgias ou tratamentos específicos.

Cirurgia de correção de grau não deve ser feita na gravidez

Não é indicado o procedimento de correção de problemas refrativos durante os 9 meses que a mulher estiver gestando. Por ser comum ocorrerem alterações na visão, o recomendado é que esse tipo de procedimento cirúrgico seja realizado somente alguns meses após o nascimento do bebê.

Se você já possui um médico oftalmologista de confiança recorra a ele para saber mais informações sobre as possibilidades de alteração da sua visão na gravidez. Antes mesmo de engravidar, converse com o especialista para que ele avalie se será necessário algum tratamento antes da concepção.

Lembre-se que esse período da vida da mulher é permeado por muitas alterações de hormônios, mudanças físicas e emocionais, e a visão não deve ser descuidada. Se você quiser falar mais sobre visão na gravidez, agende uma consulta com os nossos especialistas.

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.