Rua Treze de Maio, 22-50, Bauru-SP   (14) 3234-7745   contato@visaohospital.com.br
Blog
nov 17

Quais são os principais problemas oculares em crianças?

Os pequenos não possuem autonomia para apontar aos pais e responsáveis as suas dores e dificuldades, por isso é importante observar com atenção os possíveis problemas oculares em crianças para que o diagnóstico precoce seja realizado adequadamente.

Normalmente, as crianças são direcionadas aos médicos somente quando alguma anormalidade é detectada, mas a prevenção de problemas de visão e a percepção de patologias em estágio inicial pode ser fundamental para um correto tratamento.

Se você é pai, mãe ou responsável por algum pequeno, recomendamos a leitura desse conteúdo para conhecer os principais problemas oculares em crianças e agir da melhor forma em qualquer um dos casos.

Principais problemas oculares: estrabismo

Até os seis meses de vida de um bebê pode ser normal a visualização de um pouco de estrabismo, pois os olhinhos da criança estão em total desenvolvimento. Se após essa idade, o desalinhamento de eixos dos olhos persistir, é adequado procurar um médico oftalmologista para o tratamento.

Dependendo da idade da criança e do estágio da condição visual, o tratamento pode ser realizado com tampão, óculos ou cirurgia.

Miopia

Essa doença pode ser hereditária ou originária de fadiga ocular resultante de um esforço constante para manter o foco em objetos. A miopia ocorre quando a criança não consegue focalizar as imagens corretamente e sente dificuldade para enxergar objetos mais distantes dos olhos.

É normal que a detecção seja realizada em crianças em idade escolar e o tratamento pode ser realizado por meio colírios, em casos muito específicos, óculos de grau ou lentes de contato.

Hipermetropia

Todos os bebês nascem com hipermetropia, porque o globo ocular ainda não atingiu o tamanho ideal logo após o nascimento. O desenvolvimento da criança será responsável por reverter essa condição.

Em alguns casos, a criança pode sofrer um desenvolvimento incompleto e apresentar dificuldade para enxergar objetos de perto e assim possuir hipermetropia permanentemente. O tratamento para essa condição é a utilização de lentes corretivas com grau.

Ambliopia

Um problema comum na saúde dos pequenos é a ambliopia, também conhecida como “olho preguiçoso”. A ambliopia é um problema de ligação entre o olho e o cérebro, onde o cérebro dá prioridade para a recepção de informações advindas do olho com melhor desenvolvimento e diminui a necessidade de esforço do olho com menor capacidade.

Os tratamentos para o olho preguiçoso podem incluir utilização de tampão, exercícios oculares orientados pelo oftalmologista e utilização de óculos.

Catarata congênita

Essa é uma das doenças mais comuns em crianças e o principal sintoma é o aparecimento de uma mancha esbranquiçada na pupila. É uma condição que pode ser revelada ao tirar uma foto com flash, por exemplo, e notar a presença da mancha nos olhinhos do pequeno.

A catarata congênita resulta em perda de transparência do cristalino, que é fundamental para uma visão nítida, e pode ser advinda de herança genética ou infecções intrauterinas. Para o tratamento, em muitos casos é necessária a realização de cirurgia e acompanhamento com médico oftalmologista constantemente.

Essas são algumas das principais doenças que acometem os indivíduos no seu início de vida e a atenção dos pais e responsáveis pode ser fundamental para um tratamento efetivo.

Agora que você aumentou o seu conhecimento em problemas oculares em crianças, não deixe de ler também sobre os alimentos que podem fazer bem para saúde dos seus olhos.

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.