Rua Treze de Maio, 22-50, Bauru-SP   (14) 3234-7745   contato@visaohospital.com.br
Blog
jan 19
Oftalmopatia de graves

O que é oftalmopatia de graves?

São muitos os problemas que podem atingir os olhos e comprometer a visão, a oftalmopatia de graves é um deles.

Esta é uma doença autoimune, ou seja, ataca o sistema imunológico para combater uma estrutura do próprio organismo. Trata-se de uma resposta autoimune.

Nesse artigo você vai ler sobre o que é essa doença, quais os sintomas que ela apresenta e como são os tratamentos. Continue a leitura!

Mas, afinal, o que é oftalmopatia de graves?

É uma alteração da órbita ocular ocasionada por problemas na glândula tireoide. Sua característica mais marcante é o deslocamento do globo ocular para frente, também conhecido como proptose.

A oftalmopatia de graves pode acometer um ou os dois olhos de uma vez. A patologia está relacionada com o hipertireoidismo, porém há possibilidade de visualizar o problema oftálmico em pessoas que não possuem essa disfunção.

Quais são os sintomas?

Os sintomas que podem ser verificados em casos de oftalmopatia de graves são:

  • lacrimejamento constante e excessivo;
  • olhos secos;
  • desconforto na parte de trás dos olhos;
  • visão dupla, diplopia;
  • úlcera de córnea;
  • e/ou baixa da visão.

Além dos sintomas, vale citar o motivo da patologia surgir. Ocorre por causa de um aumento dos músculos oculares, de forma que eles ficam mais espessos. Além disso, é verificado por uma anormalidade de acúmulo de gordura na parte de trás dos olhos.

Esse aumento de gordura pode provocar o deslocamento do globo ocular, já que a órbita dos olhos é uma caixa óssea que não permite distensão.

Quais são os tratamentos para oftalmopatia de graves?

Após o diagnóstico específico da doença, realizado com base no quadro clínico de cada paciente, assim como após exames laboratoriais, oftalmológicos e de imagem, podem ser recomendados alguns tratamentos.

Entre eles estão o tratamento que utiliza de medicamentos anti-inflamatórios quando a oftalmopatia de graves está no estágio inflamatório e quando existe associação ao hipertireoidismo o médico oftalmologista pode sugerir o tratamento a partir da retração palpebral.

O diagnóstico e o tratamento adequado são realizados com base na condição específica do indivíduo, por isso a consulta com um médico especialista é fortemente recomendada.

Se após realizar a leitura deste artigo sobre oftalmopatia de graves ainda estiver com dúvidas sobre a patologia, não hesite em contatar a nossa equipe médica especialista. Basta entrar em contato conosco pelos nossos canais de atendimento.

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.