Rua Treze de Maio, 22-50, Bauru-SP   (14) 3234-7745   contato@visaohospital.com.br
Blog
maio 26
glaucoma

Glaucoma: causas, sintomas e prevenção

O glaucoma é caracterizado pela perda gradual da visão devido à degradação do nervo óptico. A doença não tem cura e o mais indicado para o tratamento é a prevenção e o diagnóstico precoce. 

Ele se desenvolve de forma gradual, sem apresentar sintomas e atinge aproximadamente 1 milhão de pessoas no Brasil. Nesse mês, na campanha Maio Verde, destacamos a importância do cuidado oftalmológico como forma de prevenção e tratamento dessa doença. Continue lendo o nosso artigo para saber mais sobre o glaucoma: causas, sintomas e prevenção.

O que é o Glaucoma?

O glaucoma é uma doença crônica que atinge o nervo óptico, estrutura responsável por conectar o que o olho enxerga com o cérebro para formar a visão.

A pressão intraocular, quando alta o suficiente, danifica gradualmente o nervo óptico e não consegue salvar as partes do nervo que foram danificadas.

Como resultado, os casos de glaucoma não tratados podem levar à perda permanente da visão. Esse processo é lento e pode progredir por anos até que os primeiros sintomas apareçam.

O que é o Maio Verde?

O mês de maio, também conhecido como Maio Verde, é dedicado ao glaucoma e no dia 26 de maio é comemorado o Dia Nacional de Combate ao Glaucoma.

Esta data destaca a importância do cuidado oftalmológico como forma de prevenção e tratamento dessa doença considerada a maior causa de cegueira irreversível no mundo, de acordo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Portanto, é uma ação participativa de profissionais e organizações médicas de combate e prevenção ao glaucoma. Também são realizadas ações de conscientização sobre os riscos da doença e a importância do diagnóstico precoce e tratamento adequado.

Quais as causas do Glaucoma?

O glaucoma pode ter muitas causas diferentes, dependendo do estado de saúde do paciente. Na maioria dos casos, ele acomete pessoas que já nasceram geneticamente predispostas para ter a doença.

Além desse, há outros fatores: etnia africana ou asiática, pessoas com idade acima de 40 anos, presença de miopia em graus altos, traumas oculares, uso de alguns medicamentos e determinadas doenças.

Quais os seus sintomas?

Na maioria dos casos, o glaucoma é assintomático de início. A perda de visão ocorre apenas nos estágios mais avançados e afeta inicialmente a visão periférica. Em seguida, o campo visual se estreita gradualmente até se tornar uma visão tubular.

Caso não haja tratamento, é possível resultar na cegueira. Portanto, identificar a doença em um estágio inicial é muito importante.

Prevenção

Quanto mais cedo o glaucoma for diagnosticado, menor o risco de problemas de visão, pois o tratamento é muitas vezes mais simples e fácil de controlar nos estágios iniciais.

A maneira mais eficiente de prevenir esse problema ocular é consultar o oftalmologista regularmente, avaliar a pressão intraocular e fazer testes que possam detectar alterações no nervo óptico.

 

Como você pôde conferir, o glaucoma é uma doença que não tem cura, mas a perda de visão pode ser prevenida.

É importante visitar regularmente o médico oftalmologista e manter o histórico familiar atualizado, principalmente se for participante do grupo de risco.

Se você deseja saber mais sobre o glaucoma e agendar uma avaliação, entre em contato com a nossa equipe especializada.

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.