Rua Treze de Maio, 22-50, Bauru-SP   (14) 3234-7745   contato@visaohospital.com.br
Blog
mar 03

9 doenças que podem ser detectadas por alterações nos olhos

Quando pequenas irritações, tremores ou coceiras surgem a maioria das pessoas deixa para lá ou tenta se automedicar. Essas são práticas que não recomendamos, principalmente quando quaisquer alterações nos olhos persistem por mais de 1 semana.

A maioria dos problemas de saúde apresentam sintomas súbitos ou de longa duração. Essas alterações nos olhos podem ser perceptíveis por uma pessoa comum e podem indicar doenças que são extremamente prejudiciais ao nosso organismo, podendo levar até mesmo à morte.

Por isso, fique em alerta e confira a seguir doenças que podem ser detectadas pela análise da saúde ocular, como identificar tais sintomas e de que forma proceder.

Quais doenças causam alterações nos olhos?

1. Câncer

O câncer de hipófise por exemplo, se desenvolve na base do cérebro e afeta a glândula que regula a produção de hormônios no corpo, e provoca alterações nos olhos, prejudicando a visão, devido ao crescimento do tumor que pressiona o nervo óptico.

Reflexos brancos ou a presença de “nuvens” brancas na pupila são comuns em pessoas idosas devido ao desgaste do tempo. Mas esses mesmos sinais podem indicar catarata, tumores benignos e até câncer em pessoas com menos de 50 anos.

2. Dengue, zika e chikungunya

Dores atrás do globo ocular, olhos avermelhados e sensibilidade são alguns dos principais sintomas das doenças transmitidas majoritariamente pelo mosquito Aedes Aegypti.

Os sintomas podem se manifestar de diferentes maneiras nos indivíduos infectados, mas, no geral, apresentam de início alterações nos olhos. E é por meio destes sintomas e a análise do histórico, o médico poderá solicitar exames laboratoriais para a confirmação das doenças e indicar os tratamentos específicos.

3. Diabetes

A doença afeta sobretudo os vasos sanguíneos devido ao acúmulo de glicose no corpo. Causa diversos desconfortos relacionando ao bem-estar e saúde dos diabéticos.

Essa condição provocam visão embaçada, distorcida e pressão nos olhos. Em casos mais graves propicia o desenvolvimento de glaucoma, catarata, retinopatia diabética e até cegueira.

4. Doenças autoimunes

Uma condição autoimune diz respeito às reações anormais do organismo e sistemas, como quando o sistema imunológico ataca e destrói partes saudáveis do corpo.

Especificamente sobre a detecção dessas doenças por alterações nos olhos os sintomas mais comuns são: pontos escuros que se movimentam, fotofobia, visão turva e inflamações frequentes parecido com os sintomas de conjuntivite.

5. Doenças sexualmente transmissíveis

No geral, as doenças sexualmente transmissíveis provocam um déficit de imunidade, o que deixa a pessoa mais vulnerável à outras doenças que atacam o seu sistema nervoso, já enfraquecido.

A sífilis por exemplo, pode atingir os olhos e causar danos irreversíveis, como a cegueira. As principais alterações nos olhos são: olhos vermelhos, irritação e dificuldades para enxergar repentina.

6. Hipertireoidismo

Com a doença, a pessoa passa a ter uma produção exacerbada de hormônios da tireóide. A condição afeta batidas do coração, peso, irritabilidade e olhos saltados.

Essa anomalia é chamada de exoftalmia que com a sobrecarga hormonal causa alteração no músculos localizados atrás dos olhos, levando a impressão de olhos “esbugalhados”.

Mas é preciso se atentar, normalmente o hipertireoidismo em idosos não manifesta nenhum sintoma.

7. Males cardiovasculares

Os nervos ópticos são uma extensão do cérebro e qualquer mudança na massa cinzenta também causa alterações nos olhos e visão.

Como por exemplo, a manifestação de anéis cinzas ou esbranquiçados ao redor da íris podem indicar um aumento no risco de infarto ou AVC. Normalmente isso acontece pela súbita alta dos níveis de colesterol.

8. Problemas no fígado

Olhos amarelados são recorrentes em idosos, pessoas que não tem uma dieta balanceada e alcoólatras.

Isso ocorre quando há grande quantidade da substância produzida no fígado, a bilirrubina passa a circular no sangue e se acumula nos olhos. Essa mudança de tonalidade pode estar associada a doenças como as hepatites virais e alcóolica, inflamações no fígado, cirrose e até câncer.

9. Toxoplasmose

É o contágio do protozoário “Toxoplasma Gondii” presente nas fezes de gatos, felinos e outros animais. São transmitidos pela ingestão de líquidos ou alimentos contaminados.

O parasita afeta vários órgãos e nos olhos manifesta-se com infecções da uveal e retina que ocasionam em cicatrizes severas que podem alterar a visão permanentemente.

Notei uma pequena alteração nos olhos, devo ir ao médico?

Atentar-se à saúde das “janelas da alma” é uma forma de manter-se bem e saudável. Assim, ao perceber a recorrência de qualquer uma das alterações citadas acima o recomendado é dirigir-se para o hospital e procurar um especialista

Por meio de uma análise do médico e com o auxílio de outros exames essas doenças podem ser detectadas e prevenidas a tempo, aumentando as chances de alívio do mal-estar e até mesmo a cura.

É sempre bom ressaltar que a falta de vitaminas, desidratação, estresse, alergias e outros problemas oculares também pode afetar a saúde e causar desconfortos. Por isso, cuide e faça visitas segundo as recomendações do seu médico.

Se você notou alguma alteração nos olhos recentemente, principalmente as citadas acima, ou está com alguma dúvida, entre em contato conosco e converse com um de nossos especialistas.

About The Author

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *